Direitos Humanos LGBT é tema da Semana da Cidadania

68
0
Seminário sobre Direitos Humanos LGBT - Foto: Elsson Campos

Na quinta-feira (13/12), no último dia da Semana da Cidadania e dos Direitos Humanos, promovida pela Secretaria de Participação Popular, Direitos Humanos e Mulher, o tema LGBT ganhou destaque com o “Primeiro Seminário Municipal de Direitos Humanos LGBT de Maricá”, promovida através da Coordenação Municipal LGBT. “Trouxemos esta gama de referências para que possamos não só debater, mas esclarecer o que todas as secretarias podem fazer para uma população que, infelizmente, não tem direito ao emprego digno, ao estudo e, às vezes, encontra dificuldade também em conseguir tratamento médico digno. Buscamos muito a promoção da cidadania LGBT, principalmente, das lésbicas, transexuais e da população nega LGBT. O Brasil é o país que mais mata transexuais e nós temos este desafio pela frente, que é o de enfrentamento de toda essa violência”, disse Carlos Alves, coordenador municipal LGBT da pasta.

Cláudia Rodrigues, coordenadora do Programa HIV/Aids de Maricá, participou da mesa e falou sobre a importância da secretaria de Saúde estar inserida nesses diálogos. “O programa age em todos os setores e precisamos ter em mente que a prevenção é fundamental para diminuir o índice de doenças, inclusive para a população HSLH (homem que se relaciona com outro homem). No programa, baseados nos Direitos Humanos, trabalhamos o tratamento das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), HIV/Aids e hepatites virais, auxiliando o paciente com o melhor caminho a seguir”, disse.

Representando a secretaria de Cultura, a subsecretária Mônica Rigol falou sobre a importância de se discutir o universo LGBT. “Quando a gente reage ao assédio, nós somos maltratados, ameaçados de todas as formas e isso precisa ser discutido. Enquanto não se entender o tema LBGT e identidade de gênero, vai ser muito mais difícil para todos os que estão na luta diariamente”, concluiu.

Fonte: Prefeitura Municipal de Maricá

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.