Passaporte: Universidades oferecem vestibular em Maricá neste fim de semana

36
0

Os interessados em participar do Programa Passaporte Universitário, lançado na última terça-feira (11/02) pela Secretaria de Educação, deverão ficar atentos. Para facilitar o acesso, neste sábado e domingo (16 e 17/02) haverá a oferta de um vestibular das cinco instituições de Ensino Superior credenciadas no programa na cidade. As provas serão realizadas no Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, no Centro, das 10h às 15h. Os candidatos poderão também fazer o vestibular a qualquer tempo nas sedes dessas instituições até o dia 24 de fevereiro, quando termina o prazo de inscrição.

Entre as instituições credenciadas estão a Fundação Educacional Severino Sombra; S.E. Estácio de Sá; Associação Brasileira de Educadores Lassalistas – Unilassale; Fundação Educacional Serra dos Órgãos – Unifeso e Companhia Nacional de Escolas de Comunidade – Cenecista.

Para sanar todas as dúvidas relacionadas ao programa, a equipe da Secretaria de Educação atendeu a população nesta terça-feira (12/02), na Casa Digital, localizada na Praça Orlando de Barros Pimentel, no Centro. O atendimento estará disponível até o dia 28 de março das 8h às 17h.

Procurando se inteirar sobre o programa, a podóloga, Ana Cristina Correa, de 48 anos, acredita que o Passaporte Universitário irá facilitar para os moradores de Maricá que precisam se dirigir para outras cidades para estudar. “Estou fazendo atualmente a faculdade de Nutrição lá em Niterói. É muito longe e chego muito tarde em casa. Então, saber que abriu aqui essa oportunidade, para mim foi muito bom”, afirmou.

O Programa Passaporte Universitário concederá 1.000 bolsas de estudos em sua totalidade, no 1º semestre de 2019, divididas em duas categorias: 700 bolsas Universitárias Sociais, sendo 300 bolsas disponibilizadas aos candidatos que se enquadrem nos critérios de seleção de renda, que residam no município há pelo menos cinco anos ininterruptos, incluindo os que estão no Ensino Superior. As outras 400 serão destinadas aos candidatos que não estejam matriculados em nenhuma instituição de Ensino Superior pública ou privada.

No entanto, para o candidato conseguir a Bolsa Universitária Social, deverá respeitar os seguintes critérios: renda familiar até 4 salários mínimos terão 100%. Já com renda familiar de 4 a 6 salários mínimos terão 80%.

Para as 300 Bolsas Universitárias de Excelência serão distribuídas da seguinte forma: 180 prioritariamente concedidas aos candidatos que tenham cursado o Ensino Médio em rede pública de ensino, que residam no município há 5 anos ininterruptos e com nota de ENEM superior a 450 pontos. As outras 120 vagas serão disputadas por todos os candidatos que residam em Maricá há cinco anos ininterruptos, com nota do ENEM superior a 450 pontos.

“A nota do ENEM só é válida para classificar os alunos para Bolsas de Excelência. Então todos os alunos que quiserem concorrer à Bolsa de Excelência e a Bolsa Social precisarão anexar no ato da inscrição, o comprovante de aprovação do vestibular em uma das instituições credenciadas”, explicou a coordenadora do programa, Denize Cardim.

Nos dias das provas, à medida em que os alunos forem chegando, podem escolher as instituições para realizarem as provas de vestibular. Após, as universidades vão gerar o resultado, e em posse dessa declaração de aprovação, é que o aluno vai conseguir realizar a inscrição no sistema.

“Todas as pessoas deverão levar o comprovante de realização do ENEM de 2018 para que as faculdades avaliem se elas poderão ou não aceitar como vestibular e emitir a declaração de aprovação”, lembrou a coordenadora.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.