Sistema de Cerco Inteligente de Maricá auxilia na apreensão de veículo com suspeitos

25
0
Sistema foi ativado quando o veículo passou pela barreira eletrônica instalada na Serra do Calaboca - Foto: Divulgação

Uma ação coordenada graças ao sistema de Cerco Inteligente, um conjunto de 72 câmeras interligadas com a Central de Videomonitoramento da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito resultou na detenção de suspeitos armados que estavam em um veículo. A ação aconteceu na rodovia RJ-106, e foi realizada por policiais do Batalhão de Polícia Militar Rodoviária na altura de Rio do Ouro.

Segundo a Secretaria de Segurança, o Ford Fiesta branco, placa KWB-7809 ativou o sistema de controle ao passar pela barreira eletrônica instalada na altura da Serra do Calaboca, na divisa de Maricá com São Gonçalo. “Alertada, a nossa central de videomonitoramento se comunicou com as viaturas na área, que começaram a perseguição. Também avisamos imediatamente ao batalhão e à 6ª Companhia da PM e o carro foi detido em Rio do Ouro obedecendo às informações do sistema”, confirma o secretário de Segurança, Celso Netto.

Com os suspeitos foram apreendidos uma pistola calibre 9 milímetros e cinco telefones celulares. “Foi um exemplo de ação integrada entre a nossa equipe de inteligência, o efetivo do PROEIS em Maricá, a 6ª companhia do 12º BPM e o batalhão de Polícia Militar Rodoviária”, acrescenta o secretário. O sistema conta com 72 câmeras com reconhecimento ótico capazes de identificar todos os veículos que passarem pelos pontos de barreira estrategicamente colocados em todas as entradas e saídas do município.

O cerco eletrônico inteligente registra a foto de todos os veículos que passarem pelas barreiras e as placas são lidas pelo equipamento, que armazena a informação na base de dados. Caso haja uma restrição de furto, roubo ou mesmo um indicativo de suspeita emitido pelas forças de segurança, será disparado um alerta na Central de Videomonitoramento da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito. O cerco eletrônico permite ainda uma integração com outros municípios, que utilizem o mesmo sistema, além da Policia Militar. Foi exatamente o que ocorreu na tarde desta terça-feira (12/03).

“O sistema inteligente aprende com experiências, dados e experiências geográficas cadastradas. Isso permite contextualizar o comportamento e a dinâmica criminal, possibilitando traçar estratégias de defesa como num tabuleiro de xadrez sempre pronto para atacar e defender”, concluiu o secretário.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.