Assinado compromisso para contratação de mão de obra local do gasoduto da Rota 3

16
0

Foi assinado nesta terça-feira (16/04), no gabinete do prefeito no Paço Municipal, o Termo de Compromisso entre o consórcio construtor do gasoduto Rota 3 e a Prefeitura de Maricá. A medida visa firmar o compromisso da empresa em priorizar a contratação de mão de obra local para a construção do empreendimento. O encontro reuniu o prefeito Fabiano Horta, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Igor Sardinha e o representante do consórcio responsável pela execução do projeto, Flávio Ribeiro da Silva.

“Para nós, é fundamental esse movimento que estamos fazendo hoje de assinatura com cadastro de geração de empregos locais. Acho importante para a cidade se sentir inserida, e acima de tudo, para dinamizar a economia local. Essa inserção na cadeia produtiva é um passo importante”, destacou o prefeito Fabiano Horta.

Ao lado do prefeito, Igor Sardinha mostrou o passo a passo de como funcionará o chamado Portal de Oportunidades. Trata-se de uma plataforma digital criada pela Prefeitura, vinculada ao site oficial, que está em fase de finalização. A ferramenta permite o cadastro curricular de munícipes para possíveis vagas de emprego em Maricá, incluindo as que surgirão a partir da construção do gasoduto. “Tão importante quanto trazermos investimentos e gerarmos emprego aqui na cidade é trabalharmos para que essas vagas cheguem ao cidadão maricaense”, frisou o secretário.

De acordo com o gerente de contrato do consórcio Rota 3, Flávio Ribeiro da Silva, já foram preenchidas com pessoas da cidade cerca de 20 vagas para motoristas de caminhão e mais 80 poderão surgir nos próximos 60 dias para as funções de ajudante e operador de máquinas. “Desde o início nós demonstramos interesse e a Prefeitura já tinha um programa útil que é esse banco de dados. Esse sistema facilita a nossa contratação e está nos ajudando bastante”, apontou.

O projeto Rota 3 tem como objetivo ampliar o escoamento de gás natural dos programas em operação na área do pré-sal da Bacia de Santos. O sistema possui aproximadamente 355 km de extensão total, sendo 307 km referentes ao trecho marítimo e 48 km referentes ao trecho terrestre, e escoará gás natural do Polo Pré-Sal da Bacia de Santos até o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro (Comperj), em Itaboraí, passando pelo município de Maricá. A vazão de escoamento do gasoduto é de aproximadamente 18 milhões de m³ por dia.

Prefeitura de Maricá.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.