Juiz põe Alckmin no banco dos réus e bloqueia R$ 39,7 mi no caso Odebrecht

12
0

O bloqueio de R$ 39,7 milhões pedido pela Justiça inclui bens de diversos envolvidos na investigação, e não somente do ex-governador Geraldo Alckmin. O valor que teria sido repassado à campanha do tucano nas eleições de 2014, de acordo com delatores, seria de cerca de R$ 8 milhões.

A defesa do ex-governador Geraldo Alckmin irá recorrer da decisão da Justiça de São Paulo que determinou o bloqueio dos bens do presidente nacional do PSDB.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.