Cavalo é pintado por crianças e levanta debate sobre maus-tratos

55
0
Na colônia de férias da Sociedade Hípica de Brasília, uma das atividades propostas para as crianças era a pintura de um cavalo. A tinta usada era atóxica e os responsáveis afirmaram que o animal não ficou estressado, mas ONGs acusaram a administração do clube de maltratar o animal.
Argumentando que a tinta não é tóxica e removível, colônia de férias da Hípica de Brasilia promove “atividade educativa” e crianças pintam um cavalo. Para mim, atividade realmente educativa deveria ensinar crianças a respeitar a os animais acima de tudo. o Ibram não considerou maus tratos e as crianças limparam o animal depois.
Mas, sinceramente, não é bem melhor interagir com situações realmente educativas?Alimentar o cavalo, dar banho, escovar, fazer carinho. Coisas que ensinem a cuidar e respeitar o próximo.
A Comissão de Defesa dos Direitos dos Animais da OAB deve pedir explicações sobre uma atividade dada como “pedagógica” pela colônia de férias da Sociedade Hípica de Brasília.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.