Corte interamericana condena Brasil pela morte de Vladimir Herzog

58
0

A Corte Interamericana de Direitos Humanos condenou nesta quarta-feira o estado brasileiro pela tortura e assassinato do jornalista Vladimir Herzog, em 1975, durante a ditadura militar. É a primeira vez que a comissão reconhece um crime ocorrido durante a ditadura como ato contra humanidade.

Saiba mais:

http://www.corteidh.or.cr/docs/comunicados/cp_25_18_por.pdf

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.