Há 500 anos, bizarra epidemia de dança matou dezenas de franceses

112
0
Uma das histórias mais estranhas de todos os tempos completa cinco séculos. Em julho de 1518, a cidade de Estrasburgo, na França, foi palco da ‘praga da dança’. Uma mulher chamada Frau Troffea começou a chacoalhar o esqueleto na rua, sem motivo aparente. Em 30 dias, cerca de 400 pessoas estavam dançando sem parar – muitas morreram de exaustão ou parada cardíaca. Entenda os motivos e confira os detalhes macabros:
Em 1518, na França, ocorreu uma epidemia estranha. Pessoas começaram a dançar, de repente, e continuaram dançando por dias. Diversas pessoas morreram em consequência disso. Da mesma forma que começou, a epidemia parou.

É bom lembrar que o povo de Estrasburgo viviam dias difíceis: colheita, preço altíssimo dos alimentos, fome. além da saúde dos cidadãos que ia cada vez por conta da sífilis, varíola e pela peste bubônica.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.