O ‘torcedor misterioso’ tem um recado pra você

333
0
O russo Yury Torsky, que ficou famoso durante transmissão do jogo entre Brasil e México, foi entrevistado pelo ‘Globoesporte.com’ e agradeceu o carinho da torcida brasileira. Assista:

“É tudo muito louco”: torcedor misterioso comenta fama e diz que futebol brasileiro é paixão antiga.

Famoso, mas ainda misterioso. Uma imagem que durou poucos segundos durante o jogo entre Brasil e México transformou Yury Torsky, um engenheiro aeroespacial russo, na personalidade mais famosa da internet no Brasil.

Quando acordou na manhã deste quarta-feira, levou um susto. Em sua única rede social, eram milhares de mensagens, curtidas e solicitações de amizade.

– É tudo muito louco para mim! Eu só me dei conta de tudo isso hoje de manhã quando abri minhas redes sociais e vi tantas mensagens. Pensei: Caramba! O que será que aconteceu durante essa noite? São tantas pessoas me mandando mensagens e curtindo minhas fotos. Uau! – disse eufórico e incrédulo.

Falamos com o torcedor misterioso, Yury Torsky (Foto: Bruno Diniz)

Yury, que tem 34 anos e mora em Samara, na Rússia, é o responsável por fazer análises estatísticas nos lançamentos de foguetes em uma empresa da região. Foi em um desses lançamentos, na Guiana Francesa, que comprou a bandeira do Brasil que carregou para o estádio na segunda-feira.

Ele adquiriu ingressos para os seis jogos da Copa do Mundo na Arena Samara, mas a partida do Brasil era a mais aguardada. Depois do empate contra a Suíça na estreia e o jogo contra a Costa Rica com dois gols nos acréscimos, ficou preocupado que a seleção brasileira não se classificasse em primeiro do Grupo E e acabasse não vindo para a cidade. Tudo porque a seleção brasileira é uma paixão antiga.

– Assisto à Liga dos Campeões e os melhores jogadores sempre foram brasileiros, por isso virei um fã. O futebol brasileiro é o melhor do mundo – revelou o engenheiro aeroespacial.

Torcedor misterioso Yury Torsky (Foto: Bruno Diniz)

Torcedor misterioso Yury Torsky (Foto: Bruno Diniz)

Assistir ao jogo contra o México foi algo especial para ele. Yury estava acompanhado de seu pai, o homem que o levou para um estádio de futebol pela primeira vez, quando ainda era uma criança. O russo é torcedor do Krylia Sovetov, o time da cidade de Samara, que subiu para a primeira divisão nesta temporada.

Ele se considera um torcedor raiz, que vai ao estádio sempre desde pequeno, mesmo com o time do coração jogando divisões menores. E sabe que este ano será difícil para o Krylia, que não tem dinheiro para competir com os times grandes da primeira divisão.

– Não importa em que divisão estamos. Sou um torcedor do Krylia e vou apoiar de todo o jeito – revelou.

O torcedor misterioso agradeceu o carinho dos torcedores e revelou que já recebeu vários convites de brasileiros que querem que ele esteja no jogo do Brasil contra Bélgica, em Kazan, pelas quartas de final do Mundial.

No Central da Copa desta sexta-feira, você vai conhecer mais o Yuri e vai saber para quem ele vai torcer em uma eventual final entre Brasil e Rússia. Se depender da torcida brasileira, o Yuri vai ser o amuleto do hexa.

Fonte: G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.