Maricá recebe premiação e vira referência nacional em Regularização Fundiária

22
0

A Secretaria de Habitação e Assentamentos Humanos de Maricá participou, em Foz do Iguaçu, do Congresso Brasileiro de Habitação Social, realizado entre os dias 20 e 22 de agosto. O projeto “Integração de Assentamentos Precários: Regularização Fundiária Plena do Camburi, Maricá” foi um dos 10 selecionados em todo o Brasil e foi o grande vencedor do Prêmio 21 de Agosto (em alusão ao dia Nacional da Habitação) na categoria “Regularização Fundiária Urbana”. O município Campo Alegre, em Alagoas, foi premiado na categoria “Relevância Social e/ou Urbana” e Sindrolândia, no Mato Grosso do Sul, ganhou um prêmio na categoria de Voto Popular. A concessão do prêmio, por escolha do júri técnico do congresso, faz de Maricá uma referência nacional em regularização fundiária. “É a primeira vez que acontece o Congresso Brasileiro de Habitação Social e Maricá levou o projeto de Camburi porque ele atende a todos os requisitos necessários para a avaliação dos jurados e exposição no Congresso, pois abrange relevantes intervenções. Em Camburi, a Secretaria encontrou todas as questões necessárias para desenvolver o projeto, desde a regularização fundiária, até a implantação de um centro comunitário que atenda a todos os moradores do bairro”, disse Bruno Marins, coordenador de Habitação de Maricá que representou a cidade no congresso. Bruno foi acompanhado pelo arquiteto da secretaria, Rafael Ciodário. O Congresso foi voltado para a capacitação de agentes públicos que atuam direta ou indiretamente na habitação social, profissionais do setor privado de habitação, autoridades e lideranças sociais, tendo como objetivo compreender e discutir as políticas públicas da habitação de interesse social. “Estamos muito felizes com a conquista deste prêmio nacional, pois é a confirmação de que estamos desenvolvendo um trabalho de qualidade para a população de Maricá. Ao mesmo tempo é um estímulo para seguirmos com o trabalho nas 30 áreas que atendemos”, disse a secretária da pasta, Rita Rocha. Os temas dos três dias de congresso abordaram a política habitacional, a regularização fundiária e os programas de recursos do governo federal. O projeto que o município de Maricá levou para concorrer ao prêmio trabalha, além da titulação das famílias, a integração da Comunidade Camburi à cidade formal, com implantação de infraestrutura de equipamentos de esporte e lazer, a construção de uma creche-escola, praça e Centro Comunitário, além de drenagem, pavimentação e esgoto. Os processos ainda estão em fase de licitação e as obras irão começar logo após a conclusão de todos os trâmites necessários.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.